3

Ementa
Concepções de Estado, ideologia e sociedade, população, movimentos populares, capitalismo e globalização. A emergência e as perspectivas de políticas públicas e sociais. As práticas de saúde e a equipe multiprofissional. O conteúdo programático desta disciplina objetiva discutir as relações entre o saber produzido cientificamente no setor saúde, sua proposta de intervenção na sociedade e as proposições práticas, geradas no seio da própria estrutura social onde se inserem. A evolução e a dinâmica das políticas de saúde não podem ser compreendidas se forem tomadas de forma isolada dos setores sociais e da sociedade. Assim é necessário compreendê-las como vão se organizando na dinâmica social e engendrando as práticas de saúde, assim como a organização dos serviços vai se dando na trama das relações sociais, quais são as possibilidades e limitações nesse processo dinâmico e contraditório.

Objetivos
Compreender/debater as concepções teóricas sobre Estado, Sociedade e instituições, analisando os contextos de sua produção e o debate contemporâneo que se estabelecem entre os movimentos sociais e o capitalismo, as relações entre o público e o privado e globalização versus focalização, dentro de uma perspectiva crítica. Analisar criticamente o processo histórico das políticas de saúde no Estado brasileiro, discutindo as suas formas de intervenção na construção de hegemonias, identificando os reflexos no cenário atual. Estabelecer articulações entre as políticas de saúde, no contexto das práticas, dos saberes, dos agentes e da organização dos serviços de saúde.

 

Voltar para Estrutura Curricular