NNEPA

Núcleo de Estudos e Pesquisas na Infância e Adolescência

Linhas de Pesquisa

Linha 1 – Vulnerabilidades na Infância, Adolescência e Juventude: uso de drogas, situação de vitimização e violência, doenças sexualmente transmissíveis/ DST/ HIV/ AIDS

Projeto e subprojetos articulados com outra Universidade, com enfoque voltado ao aprofundamento teórico na temática e metodológico para o desenvolvimento de estudos em diferentes contextos. Os subprojetos desse projeto estudaram a violência sexual, segundo dados das Instâncias de Referencia para atendimento às vítimas, em Montréal (Centre Jeunesse de Montreal – Institut Universitaire – Institut de Recherche ET Dévelopment Social des Jeunes/CJM-IU – IRDS) e em Feira de Santana (Conselhos Tutelares), no período 2003-2006. Através desse projeto foi iniciado o intercâmbio do NNEPA com a Université du Qubec a Montreal/UQAM e realização do pós-doutorado, na condição de professor visitante. Da mesma forma, foram iniciadas e implementadas articulações do NNEPA/UEFS com os Sistemas de atendimento às vitimas de violência em Feira de Santana e a equipe do Programa de Ações Referencias de Enfrentamento à violência – PAIR.
Os subprojetos envolvidos articularam a equipe da Universidade com Instancias, contando com apoio financeiro da OIT e Secretaria Nacional de direitos Humanos /SEDH, as quais apoiaram as pesquisas e articulações. Os produtos técnicos e científicos encontram-se publicados em formato de dissertações, manual, artigos, organização e participação em eventos, relatórios, outros.

Projeto “Violência(s) contra Crianças e Adolescentes: Experiência e Atuação das Instâncias que integram os Sistemas Públicos de Saúde, Educação, Assistência e Garantia de Direitos”.

O principal enfoque do projeto foi estudar a temática da violência a partir de dados obtidos nas escolas (professores e alunos) sobre casos de violência sexual e da mesma forma, entre os profissionais de saúde da atenção básica (PSF e UBS) sobre o processo de diagnóstico e notificação da vitimização infanto-juvenil no atendimento em saúde. Os subprojetos envolveram dissertações de mestrado que contribuíram para a formação de novos pesquisadores, intensificação da produção científica e fomentar a articulação interinstitucional entre a UEFS e os Sistemas públicos do município e região semi-árida da Bahia. Os produtos encontram-se publicados

Projeto “Rede de Proteção e Prevenção da Violência e Garantia dos Direitos Humanos: Integração Universidade e Sistemas de Segurança Pública, Atendimento e Defesa da Infância, Adolescência e Juventude”.

O projeto e subprojetos integrantes têm como principal objetivo estudar a violência infanto-juvenil, através do levantamento de indicadores das diferentes formas de vitimização, traçando coeficientes e taxas das violências, em períodos distintos da década, a partir dos Sistemas de Informação da Rede de Instituições envolvidas com o atendimento e defesa desse grupo populacional, considerando a alta vulnerabilidade aos agravos.
Entre as metas destacam-se o desenvolvimento de projetos interinstitucionais que visam consolidar intercâmbios do NNEPA/UEFS com grupos de pesquisa de outras Universidades e parcerias com essa Rede de Instâncias; divulgar a produção técnica e científica e implementar ações de fortalecimento Institucional.
Nos subprojetos encontram-se inseridas dissertações de mestrado e monografias de iniciação científica em andamento.

Projeto “Violência infanto-juvenil e ciclos de vitimização-agressão interpessoal, familiar e social: projeto integrado entre Universidades e Sistemas Públicos de Atendimento e Defesa de Direitos”.

Os subprojetos integrantes estudam a temática da violência infanto-juvenil através de fontes primárias e secundárias, sob a ótica das diversas manifestações da violência, vítimas e agressores, no ambiente familiar, escola e meio social. São estudados os perfis dos agressores, o papel dos perpetradores adolescentes e a relação da violação com características das vítimas. A violência infanto-juvenil ainda é estudada na perspectiva dos relacionamentos de casais adolescentes e jovens, entre amigos e possíveis fatores ambientais e familiares associados. São levantados indicadores e analisados fatores de vulnerabilidade para as diversas manifestações do fenômeno na família, no ambiente, escola entre amores e amigos. Entre as metas destacam-se a importância de intensificar a produção científica nessa área, ampliar as trocas interinstitucionais em tecnologias inovadoras e subsidiar estratégias de prevenção e intervenção direcionadas à violência.
Esse projeto é desenvolvido em articulação com a Université du Quebec a Montreal/UQAM e Instâncias dos Setores de Segurança Pública e Garantia de Direitos (Delegacias de polícia civil e especializadas) e Conselhos Tutelares.
Nos subprojetos encontram-se inseridas dissertações de mestrado e monografias de graduação em andamento.

Projeto “Saúde Integral e Prevenção de Riscos na Adolescência e Juventude”.

Projeto constituído de quatro subprojetos que envolveram quatro dissertações de mestrado. As temáticas de estudo foram a violência infanto- juvenil, na perspectiva de professores e alunos das escolas publicas e profissionais da atenção básica de saúde (PSF e UBS) (Projeto I) e o uso de substâncias psicoativas na adolescência e juventude, utilizando inquéritos com escolares (escolas publicas do município) e registros de usuários matriculados nos Centro de Assistência Psicossocial – CAPS-AD de Feira de Santana. As dissertações foram defendidas e os produtos publicados

Linha 2 – Saúde Sexual e Reprodutiva na Adolescência e Juventude

Projeto “Nascer no Brasil: Inquérito Nacional sobre Parto e Nascimento”.

Projeto multicêntrico, realizado sob a coordenação da Fundação Oswaldo Cruz-FIOCRUZ, Departamento de Epidemiologia e Estudos Quantitativos da Escola Nacional de Saúde Pública-ENSP. O projeto tem como objetivo estimar a prevalência de partos cesarianos ocorridos em instituições públicas e privadas do sistema de saúde brasileiro, segundo o nível de complexidade da instituição e localização geográfica, além de descrever as complicações maternas e nos recém-nascidos por tipo de parto, com ênfase na prematuridade, bem como a análise das associações entre estas, controlando por variáveis intervenientes.

Projeto “Maternidade, paternidade, saúde sexual, reprodutiva e resultado neonatal na adolescência e juventude: estudo de indicadores e fatores de risco associados”.

Os subprojetos integrantes tratam da temática da saúde reprodutiva na adolescência e juventude, na perspectiva de registros dos Sistemas de Informação, SINASC, SIM, assim como dados primários obtidos juntos às gestantes, mães adolescentes e jovens e respectivos parceiros. São utilizados diferentes enfoques da gestação, maternidade, paternidade, filhos, nascidos vivos, óbitos neonatais e mortalidade infantil entre filhos desse grupo populacional, cujos dados são obtidos a partir de inquéritos com os grupos alvo, assim como registros oficiais desses Sistemas de Informação, no município e região. Alguns subprojetos já concluídos têm suas respectivas dissertações defendidas e produtos publicados em formato de artigos e outras disseminações em eventos, relatórios, etc.
Esse projeto encontra-se em fase de ampliação de subprojetos, através de articulações institucionais entre o NNEPA/UEFS e a ENSP-FIOCRUZ (grupo de pesquisa em saúde da mulher, criança e adolescente). Nessa parceria o NNEPA participa de projeto multicêntrico da ENSP, com inserção de dissertações de mestrado e monografias de graduação.

Projeto “O Serviço de Saúde na Sexualidade, Gravidez e Maternidade de Adolescentes da Comunidade de Emaús – Belém/Pará”.

Projeto de pesquisa e extensão voltado à implantação e implementação de um serviço de saúde para crianças e adolescentes, com ações integradas entre Serviço e Universidade, envolvendo discentes, docentes e técnicos. Esse projeto foi desenvolvido em parceria entre a Universidade/UEPA, junto à Comunidade de Emaús, com apoio da MacArthur Foundation. Projeto premiado na categoria pesquisador do ano MacArthur/Brasil (1993-1996), cujo recurso foi utilizado na implantação e implementação do serviço. As atividades priorizaram as áreas de saúde e educação, prevenção e promoção, sendo avaliado ainda o desempenho do serviço no período (qualidade técnico-científica, eficiência, acessibilidade e satisfação do usuário, nas ações preventivas e de intervenção desenvolvidas. Os produtos encontram-se publicados em artigos, relatórios enviados à Fundação, UEPA e comunidade, anais de eventos, entre outras fontes de divulgação.

Linha 3 – Saúde e Qualidade de Vida na Infância, Adolescência e Juventude

Projeto de pesquisa e de extensão direcionado aos principais problemas de saúde e condições de vida de crianças, adolescentes alunos e professores da comunidade de Emaús (zona periférica de Belém/Pará – Bairro Bengui e São Clemente, envolvendo uma escola de grande porte com 2400 alunos, cujas ações desenvolvidas foram incrementadas e avaliadas no período.
Este projeto foi premiado em concurso para a iniciativa “Adolescente Saudável na América Latina”, financiado pela Kellogg Foundation, para países latino-americanos, com financiamento de US 389,000.00 e as ações foram implementadas através da articulação entre a Universidade Estadual do Pará – Universidade estadual de Feira de Santana e a Comunidade de Emaús. Os produtos técnicos científicos encontram-se publicados e registrados nos eventos apresentados e relatórios enviados a Fundação Kellogg e Universidade. As ações extensionistas desenvolvidas nas escolas, serviço de saúde e comunidade encontram-se registrados em relatórios enviados a essa Fundação e comunidade.