3

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC) do Departamento de Saúde (DSAU), implantado em 2004, prioriza a formação de pesquisadores-docentes na área de saúde coletiva, contribuindo para o desenvolvimento científico e tecnológico local e regional, com impacto potencial nos municípios do semiárido baiano e em regiões que busquem se beneficiar com as aplicações destas tecnologias e conhecimentos, tendo como objetivos:

  1. Qualificar docentes para o ensino de disciplinas no campo da saúde pública em curso de graduação e pós-graduação;
  2. Formar pesquisadores na área de saúde coletiva;
  3. Contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico em Saúde Coletiva, com possibilidade de aplicação especial nos municípios da região do semi-árido.

Com base nestes objetivos, o Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC) tem orientado suas atividades para a formação em saúde coletiva, desenvolvimento da pesquisa e integração entre suas atividades e as demandas regionais, mantendo a perspectiva da produção universal do conhecimento. A partir desses eixos de atuação, cabe avaliar o desenvolvimento e evolução do PPGSC e os impactos sociais obtidos.

A produção intelectual do PPGSC-UEFS está voltada para os problemas emergentes, com destaque para as questões mais específicas que envolvem a saúde e o cuidado das populações do semiárido baiano. Esta atenção com o local e regional não têm impedido que os conhecimentos aqui gerados dialoguem com os interesses das redes de pesquisa nacionais e internacionais.

A manutenção de uma base sólida de estudos apoiados em práticas concretas no nível dos sistemas de serviços de saúde (SSS), e a integração do PPGSC com vários centros acadêmicos do campo da Saúde Coletiva, no Brasil, e da Saúde Pública, no âmbito internacional, fazem parte da sua política de conquista da excelência acadêmica. As pesquisas conduzidas pelo corpo docente têm como finalidade central a intervenção qualificada em saúde, integrada com outros setores do conhecimento, de modo a elevar a qualidade de vida das populações. Assim, destaca-se, como principal característica dos nossos projetos de pesquisas, a produção de conhecimento voltado aos problemas concretos e a utilização do saber construído para subsidiar políticas, através das ações e propostas direcionadas à promoção e intervenção em saúde. Ressalta-se a estreita vinculação entre projetos de pesquisa e extensão, cujas ações encontram-se articuladas entre as diversas áreas (desenvolvimento social, segurança pública, direitos humanos, educação, trabalho, meio ambiente, entre outras), na busca de melhorar indicadores e apoiar gestores na implementação de ações, em atendimento às necessidades e demandas locais e regionais. Neste sentido, a proposta do PPGSC da UEFS mantém forte comprometimento com a constituição de um Sistema Único de Saúde (SUS) democrático e eficiente, articulado e integrado aos demais setores.